Escola chama uso de saias e shorts curtos por meninas de 'atitude abusiva'

Compartilhe esse conteúdo

Uma escola particular de educação infantil e ensino fundamental em Santos, no litoral sul de São Paulo, enviou carta nesta semana a pais e alunos na qual estabelece que o uso de saias e shorts "extremamente curtos" representa uma "atitude abusiva, sobretudo por parte das meninas", e orienta as estudantes a usar, além da camiseta da instituição, apenas calça ou bermuda. O documento não cita especificações direcionadas aos meninos.
 
A atitude do Colégio Universitas, no bairro da Ponta da Praia, provocou reações, principalmente nas redes sociais. "Essa proibição não combina com o perfil da escola. Talvez ela não seja mais a mesma", publicou uma aluna.
 
"Meninas não têm o direito de se sentirem confortáveis com elas mesmas dentro do ambiente em que eu mais aprendi e me desenvolvi Os meninos podem ir de bermuda, óbvio, pois não são objetos", destacou outra estudante.
 
Em nota assinada pelo professor coordenador pedagógico da escola, Vincenzo Bongiovanni, o colégio afirma que, "diante das colocações feitas em um texto postado nas redes sociais, no que se refere à posição do Universitas sobre o uso do uniforme escolar, em especial, aos shorts e às bermudas, o colégio esclarece que o único item obrigatório é a camiseta com o logotipo da escola".
 
"No que diz respeito à concepção educacional, o Universitas tem trabalhado há 37 anos por meio de práticas democráticas, nas quais valorizamos a construção da autonomia, da tolerância e do respeito frente à diversidade que marca a fase da juventude. Estamos sempre atentos às transformações da sociedade, respeitamos e procuramos sempre atualizar nossas formas de trabalho. Entendemos que a sociedade ainda trata mulheres com diferença e, em muitos momentos, como objeto de consumo. No entanto, tem sido nossa missão combater esse pensamento e essa prática", conclui o professor em nota.

'Arco-íris de fogo' surpreende moradores de Cingapura

Compartilhe esse conteúdo

Cientistas recriam rosto de homem morto há 1,4 mil anos

Compartilhe esse conteúdo

Netflix coloca João Kléber para testar a fidelidade de casais que assistem séries juntos

Compartilhe esse conteúdo

Angelina Jolie fala pela 1ª vez sobre divórcio: 'sempre seremos uma família'

Compartilhe esse conteúdo

Nesta segunda-feira, 20, o site do canal BBC publicou uma entrevista com Angelina Jolie, na qual a atriz fala pela primeira vez sobre o fim do casamento com o também ator Brad Pitt. Angelina deixou claro que este ainda é um assunto difícil para ela e sua família.

"Não quero falar muito sobre isso, só que dizer que foi um momento muito difícil e que nós somos uma família. Muitas pessoas se encontram nessa situação também, minha família inteira está enfrentando esse momento complicado. Meu foco está nas minhas crianças, nossas crianças. Meu foco é achar a saída", disse Angelina.

A atriz ressaltou, porém, que Pitt sempre será parte de sua família pois é pai das crianças. "Nós somos e sempre seremos uma família. Estou tentando achar o caminho para sermos mais fortes e próximos", falou. Os dois são pais de Knox, Vivenne, Shiloh, Maddox, Pax e Zahara.

BBB17: Emilly, Vivian e Manoel se enfrentarão na terça-feira

Compartilhe esse conteúdo