Em Natal, contribuinte ainda pode pagar IPTU à vista com desconto de 10%

Em Natal, contribuinte ainda pode pagar IPTU à vista com desconto de 10%

Compartilhe esse conteúdo

A Prefeitura do Natal deu prosseguimento à segunda fase da campanha de descontos para os contribuintes que pagarem o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) de forma antecipada e à vista. O desconto é de 10% e os prazos para pagamento são os do vencimento do carnê, de acordo com as zonas da capital potiguar. Moradores das zonas leste e sul têm direito ao desconto caso paguem até o dia 10 de janeiro. Zona oeste tem prazo para 10 de fevereiro e zona norte até 10 de março. Aqueles que ainda estão em débito com a fazenda municipal podem ter acesso ao abatimento, caso regularizem suas situações antes dos prazos finais.

A Secretaria Municipal de Tributação (SEMUT) alerta o contribuinte que recebeu o carnê do IPTU para que observe a primeira folha do talão, na parte do “Lançamento”. Nessa área deve constar o CPF do proprietário do imóvel. Caso o número não esteja impresso, o cidadão deve procurar a SEMUT para atualização cadastral. Somente com essa atualização, o desconto pode ser concedido. “Está sendo uma exigência inclusive da Federação Brasileira dos Bancos (FEBRABAN) para que o CPF conste dos boletos de pagamento. Ou seja, em breve o contribuinte poderá ter problema até para pagar seu IPTU. Além disso, muita gente, que inclusive está em dia e poderia ter o desconto, perde essa chance por não ter o cadastro atualizado na Secretaria”, comentou o secretário da pasta, Ludenílson Lopes.

O secretário enfatizou as ações da Semut que, compreendendo o momento de crise econômica que afetou os lares em todo País, segue dando oportunidade para que todos se regularizem, evitando problemas jurídicos, ou inscrições em cadastros negativos do consumidor. “Caso o contribuinte queira fazer sua regularização para ter acesso aos benefícios do Programa Bom Pagador, ele ainda pode fazê-lo. Pagando o débito à vista, ainda há o desconto nos juros e multas de até 50%. Se preferir, o cidadão ainda pode parcelar esse débito em 48 vezes e terá descontos escalonados. Feito esse pagamento, imediatamente ele terá como pagar seu IPTU à vista com o desconto de 10%. Para isso, basta cumprir os prazos estipulados para cada zona da cidade”, explicou Ludenílson.

De acordo com informações da SEMUT, a primeira fase da campanha, encerrada no dia 23 de dezembro proporcionou uma arrecadação de R$ 55 milhões. O total é R$ 10 milhões superior à campanha anterior. “Foi um sucesso absoluto e superou nossas expectativas. Estamos analisando o perfil dos que pagaram para ter uma estimativa daqueles que ainda irão aderir a essa segunda fase. No entanto, de antemão, já esperamos mais uma boa arrecadação”, antecipou o secretário.