Sem mandato, Amanda Gurgel voltará às salas de aula em 2017

Sem mandato, Amanda Gurgel voltará às salas de aula em 2017

Compartilhe esse conteúdo

A vereadora Amanda Gurgel (MAIS) anunciou, por meio das redes sociais, que protocolou requerimento junto à Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC) para retornar à sala de aula em 2017. Amanda, que é professora, estava afastada de sua profissão desde 2012, quando disputou as eleições municipais daquele ano e obteve êxito no pleito.
 
Na publicação, a vereadora afirma que “tem muito orgulho da sua profissão” e que, mesmo sem cargo eletivo a partir de 2017, “continuará na luta em defesa dos trabalhadores”.
 
Amanda Gurgel deixa a cadeira da Câmara Municipal no próximo dia 31. Eleita em 2012 com mais de 32 mil votos, a parlamentar não conseguiu se reeleger mesmo sendo a segunda candidata mais votada no pleito de outubro passado, com 8.002 votos.  O insucesso se deu porque o PSTU, legenda pelo qual Amanda concorreu nas eleições, não atingiu o mínimo de votos para atingir o quoeficiente eleitoral para eleger candidatos.
 
Em 2012, Amanda Gurgel foi recordista de votos em Natal, pelo PSTU. Na época, o partido formou coligação com o PSOL. A votação expressiva da candidata ajudou a eleger outros dois vereadores: Sandro Pimentel (PSOL), que no pleito teve 1.398 votos, e Marcos do PSOL, que obteve 717. Pimentel conseguiu a reeleição em 2016, com 3.700 votos.
 
Em 2011, o NOVO acompanhou a professora Amanda Gurgel em uma de suas aulas de Língua Portuguesa na Escola Estadual Myriam Coeli, no conjunto Nova Natal, Zona Norte da capital. Para ler a íntegra da matéria, basta fazer o download da reportagem no link abaixo.