TJRN publica edital para receber propostas de construção da nova sede

TJRN publica edital para receber propostas de construção da nova sede

Compartilhe esse conteúdo

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte vai receber em fevereiro os envelopes com documentos de habilitação e propostas de preços para a construção da nova sede do judiciário potiguar. O valor estimado da obra é de R$ 86,5 milhões.
 
O prédio será erguido no bairro de Nossa Senhora de Nazaré, na zona Oeste de Natal. A nova sede faz parte do plano de investimentos do judiciário, perfazendo um montante total de de R$ 110 milhões, que contempla ainda a construção de dez novos fóruns no interior do Rio Grande do Norte.
 
A licitação ocorrerá na modalidade de concorrência, do tipo menor preço, sob o regime de empreitada por preço unitário. A obra deverá ter duração de quatro anos e a expectativa é de que o empreendimento chegue a gerar 300 empregos na capital potiguar ao longo da construção. 
 
As empresas interessadas na concorrência públcia devem entregar documentos e propostas de preços no dia 1º de fevereiro, às 10h, no Setor de Licitação, localizado na atual sede do TJRN. 
 
Após a declaração da empresa vencedora, o resultado deverá ser homologado pela Administração, procedendo-se então a assinatura do contrato. A empresa vencedora deverá instalar o canteiro de obras até cinco dias depois da expedição da Ordem de Serviço.
 
A nova estrutura do TJRN prevê a construção de um edifício de 11 pavimentos. A sede terá uma área de construção de 30 mil metros quadrados. 
 
O prédio da futura sede do judiciáriocontemplará gabinetes e assessorias para 21 desembargadores, sala do Tribunal Pleno para 100 espectadores, cinco Câmaras Cíveis, Câmara Criminal, auditório e espaço para Secretarias do TJRN, entre outros serviços da justiça potiguar.