Bebê fica internado após usar protetor solar da Peppa Pig

Bebê fica internado após usar protetor solar da Peppa Pig

Compartilhe esse conteúdo

Um bebê de apenas três meses precisou ser internado após usar um protetor solar fator 50 da Peppa Pig. O produto causou uma séria alergia na criança, que passou duas noites internada em tratamento.
 
Em relato publicado na página do Cancer Concil Austrália, uma Organização Não Governamental que visa prevenir o câncer, a mãe do bebê, Jessie Swan, disse que passou o protetor solar na criança apenas como forma de prevenção, já que estava com o filho ao ar livre.
 
Jessie, que mora em Queensland, na Austrália, explicou ainda que não expôs o seu filho ao sol. “Não compre esse protetor solar. Ele não estava no sol, ele estava simplesmente ao ar livre. Então, eu coloquei o protetor nele só para prevenir”, declarou a mulher, que publicou uma foto dela com o bebê.
 
De acordo com a organização, o caso será investigado para saber quais foram as causas. “Nós gostaríamos de tranquilizar todos que nosso protetor solar foi formulado para ser adequado para a pele delicada”, afirmaram.
 
A publicação repercutiu entre os pais. Uns até alegaram que os seus filhos apresentaram uma reação semelhante ao produto, mas não da intensidade do bebê de três meses de Jessie Swan.
 
  • Bebê precisou ser internado para tratar reação ao protetor | Foto: Reprodução / Facebook