Mitos e verdades sobre andar de trem em Natal

Mitos e verdades sobre andar de trem em Natal

Compartilhe esse conteúdo

Depois da última publicação sobre os motivos que me fizeram deixar de andar de ônibus em Natal, muita gente comentou comigo sobre outras maneiras de se locomover aqui na cidade. O Douglas Junior, por exemplo, falou que costuma andar de trem, mas ainda sofre muitas críticas quanto a isso. UM ABSURDO! Achei por bem tentar acabar de vez com tanta desinformação.
 
Desde que cheguei em Natal, em 2006, moro a maior parte desses anos no bairro Cidade Satélite e sempre achei o máximo ouvir a buzina distante do trem de manhã cedinho ou no final da tarde. Apesar da curta distância entre a linha férrea e a minha casa, demorei quase dez anos para pegar o trem pela primeira vez. Os motivos para tanta demora? Os mitos que giravam em torno desse que é um dos melhores e mais legais meios de transportes já inventados e a falta de informação de muita gente (tenho amigos que até hoje se surpreendem quando digo que ando de trem em Natal). Foi quando comecei a pegar o trem diariamente para ir trabalhar que me encantei pelas maravilhas desse sistema! Então vamos lá:
 
JOGAM PEDRA, XIXI E COCÔ - Mito! Reza a lenda que na década de 1990 a prática era comum, já que as duas linhas existentes (Parnamirim - Natal e Ceará Mirim - Natal) passam por dentro de vários bairros. Mas, hoje em dia é tranquilo e as janelas bem mais resistentes. 
 
ROLA ARRASTÃO - Mito! Segundo me contavam, era só pisar no trem para ser assaltado. Nunca (e olha que sou um pouco neurótica com isso) fiquei assustada ao andar de trem. Pelo contrário, desde quando o trem ainda era maria fumaça, as viagens sempre foram muito tranquilas. Há, inclusive, seguranças super queridos nos vagões que além de garantir que ninguém escute música alta, ainda seguram o trem quando você está chegando na estação. 
 
NÃO TEM HORÁRIO DEFINIDO - Meias verdades. Logo que comecei a andar de trem em Natal, ele ainda era maria fumaça e estava em circulação há algumas boas décadas. Era de se esperar que vez ou outra ele quebrasse ou atrasasse. Em dias de chuva, principalmente. Mas, com o VLT, os atrasos se tornaram beeeeem menos frequentes. Ah! Vale dizer, que os horários são cumpridos a risca e disponibilizados nas estações.
 
SÃO POUCAS VIAGENS - Verdade! Eu, por exemplo, pegava o das 7h39 na estação Cidade Satélite, antes desse só tinha às 5h55 (veja os horários completos aqui). Já está mais do que na hora de aumentar o número de viagens. 
 
DIA DE FEIRA É UM CAOS - Depende. Eu adorava pegar o trem às quartas-feiras (dia da famosa feira do Carrasco, na estação Padre João Maria). Geralmente eu não conseguia sentar, mas sempre tinham feirantes e vendedoras simpáticas que iam conversando comigo o caminho inteiro. Nunca vi ninguém com peixe ou qualquer outro produto que incomodasse. Pelo contrário, só gente trabalhadora! 
 
A PASSAGEM CUSTA R$0,50 - VERDADE! Precisa dizer algo mais? Quando ia para o trabalho, gastava R$5 por semana indo e voltando de trem. E, sim: mesmo o VLT com ar condicionado, a passagem continua o mesmo preço! 
 
ESTAÇÕES MAL PLANEJADAS - Verdade. O trem passa nos bairros periféricos, que hoje já estão bem mais desenvolvidos do que quando as linhas foram construídas, e muitas estações estão próximas a nada. Muitas vezes, é preciso pegar um ônibus ou andar bastante para chegar na estação. Por exemplo, você sabe onde fica a Estação do Alecrim? A falta de centralidade é o que mais atrapalha a popularização do serviço. Além disso, QUANDO IRÃO AMPLIAR AS LINHAS???? 
 
É MAIS CHEIO QUE O ÔNIBUS - Depende da hora que você vai. Mas, sempre usei a teoria de que: é melhor ir no aperto (e hoje no ar condicionado) e chegar em 20 minutos do que ir no aperto e demorar horas para chegar de ônibus.
 
É MAIS SUSTENTÁVEL - VERDADE!!!! Eles são considerados por especialistas uma alternativa mais barata e sustentável que outros meios de transporte coletivo como os ônibus e o metrô. Eles podem transportar até quatro vezes mais pessoas que o primeiro e custar metade do segundo.
 
AS PESSOAS SÃO MAIS SIMPÁTICAS - Verdade! A minha teoria é que, como a gente não pega trânsito e os seguranças são quem controlam o fechamento das portas, 90% dos estresses comuns nos ônibus são solucionados, deixando mais espaço para as pessoas esbanjarem simpatia. 
 
Ficou com dúvida em mais alguma coisa? Não deixa de comentar! E o mais importante: não deixe experimentar um dia de trem. É maravilhoso. Eu super indico! 
 
 
Bônus: É MAIS ROMÂNTICO - VERDADE! Além disso, quase toda viagem rola uma foto linda para o seu Instagram!