Animais Fantásticos e Onde Habitam - Crítica

Animais Fantásticos e Onde Habitam - Crítica

Compartilhe esse conteúdo

Parece que foi ontem que assistimos toda a saga de Harry Potter. Fomos acolhidos por mais de uma década com livros e filmes que fizeram parte da vida de crianças, adolescentes e adultos. J.K. Rowling sabe ser uma ótima escritora. Entretanto, ficávamos imaginando se ela desempenharia bem o papel de roteirista, ao assumir essa responsabilidade com Animais Fantásticos e Onde Habitam. 
 
Para quem não conhece a história, temos aqui o tímido magizoologista Newt Scamander (interpretado pelo oscarizado Eddie Remayne) que viaja à Nova York com sua maleta cheia de animais fantásticos do mundo mágico. Newt se mete em confusões quando seus animais começam a fugir da mala e causar transtornos na cidade, se tornando o principal suspeito de ter uma determinada criatura que está causando destruição e morte. 
 
Tivemos o prazer de assistir Animais Fantásticos numa sessão do MOVIECOM, atestando um filme maravilhoso e divertido, porém com alguns deslizes na narrativa e desenvolvimento provavelmente causado pela inexperiência de roteiro cinematográfico de Rowling ou pela direção de David Yate. E pela primeira vez,  um não mágico ganha espaço importante e papel principal na obra, Dan Fogler que  interpreta o simpático Jacob e Queenie  (interpretada pela linda cantora Alison Sudol), são personagens maravilhosos que conseguem nos cativar rapidamente. Colin Farrell está ótimo no papel do pseudo vilão e o aparecimento de Jonny Depp é uma surpresa para os desavisados. Enfim, vale a pena e vamos aguardar ansiosos pela continuação dessa saga maravilhosa. Mesmo tendo um tom diferenciado e mais maduro que a obra de HP, você vai sair do cinema com o gostinho de quero mais e com a vontade de refazer uma maratona dos filmes de Harry Potter, além dos livros, para relembrar e guardar cada detalhe que somará aos acontecimentos da saga de Animais Fantásticos. 
Segue nosso pequeno vídeo das primeiras impressões após assistir ao filme:
 
 
 
 
 
Sem querer soltar spoiler, mas já soltando...
 
ALERTA DE SPOILER.............................. 
 
 
 
 
Não entendemos o porque de algumas ações de Newt e de Tina, sabemos que o mundo mágico é segredo para a maioria dos no-maj (não mágicos, como os trouxas britânico) e certas coisas devem ficar em segredo e tal, até para preservar a integridade de seus amados animais, o que faz Newt parecer preocupado em capturar sua criaturas, mas perdem a  oportunidade de capturar um gira-gira (mariposa fujona) algumas vezes, ele e Tina (que entra em seu caminho por acaso) tem uma três oportunidades e apenas ficam olhando para o bicho se distanciar e pronto. Outra coisa sem lógica, é Newt perceber que um de seus animais chamado occami fugiu (uma espécie de cobra e pássaro que se adapta aos espaços) e alguns minutos depois esquece isso e diz que falta capturar uma criatura, e vai apenas atrás de uma criatura que consegue ficar invisível, chamado seminviso, e ao invés de buscar pelos dois. 
 
Creio que deveriam ter focado mais na busca pelos animais e dar mais ênfase ao desenvolvimento do obscurus no corpo do Credence, que aqui se tratava do verdadeiro vilão, pelo menos dentro desta história. E genteeeeeeeeeeee, outra coisa absurda, Percival é o único a defender o garoto de verdade (mesmo que por motivos errados) quando os bruxos matam Credence, isso mesmo, MATAM uma criança, ao invés de encontrar outra forma de capturá-lo, simplesmente matam o garoto após Tina e Newt terem tentado salvá-lo de si mesmo. 
O filme se torna maçante em vários momentos, com cenas forçadas e desnecessárias até, como a ida ao bar secreto para obter informações sobre o seminviso. E a despedida de Newt com o pássaro-trovão? Por um momento achei que o animal fosse se sacrificar para garantir a amnésia do povo de Nova York, afinal, ele soltou de vez esse animal? Não colocou mais em sua maleta? Enfim, acontecimentos sem explicação. 
 
Cada um vai observar coisas diferentes, mas que não diminuirão em nada o brilho dessa saga, se algo faltou, teremos quatro filmes para vislumbrar nos próximos anos. Bom filme galera!!!!